Conquistar o próprio negócio é o desejo de muitos brasileiros, mas só de imaginar os estágios de como abrir um negócio, alguns já desanimam. Com a meta de auxiliar futuros empreendedores que ainda estão indecisos e incentivar aqueles que estão com receio, vamos mostrar algumas instruções.

Saiba quais são as características de um empreendedor bem sucedido, entenda como realizar um planejamento competente, observe todos os passos para montar a sua empresa, entenda como levantar o capital de giro do seu negócio e leia dicas essenciais que vão facilitar todo esse processo. Continue lendo o post!

1. Adquirir capacitação e conhecimento

A capacitação e o conhecimento favorecem a organização por meio da sua própria instrução, obtida a partir da sabedoria colhida diretamente do meio externo, como inovações tecnológicas e culturais, experiência de concorrentes, influências etc. Essa gestão se preocupa com variáveis como localização, geração e compartilhamento de conhecimento, condições organizacionais, entre outras.

Ela também amplia a vantagem competitiva, reduz custos com planejamento e desenvolvimento – gerando novos modelos de negócio – e melhora o aproveitamento e desenvolvimento do capital intelectual da empresa. Além do mais, a gestão do conhecimento expande a eficiência organizacional, ponderando sobre o atual desempenho.

2. Montar um plano de negócios

Aqui está um exemplo do que um Plano de Negócios deve apresentar, mas o gestor pode adicionar outros pontos relevantes:

  • quantidade de sócios e descritivos das atividades e atribuições de cada um deles;
  • missão da empresa (caso tenha uma loja de doces, a tarefa será, por exemplo, atender o cliente por meio da produção de receitas deliciosas, em um ambiente agradável e limpo);
  • plano de marketing (defina uma estratégia para que sua instituição seja popular, utilizando, por exemplo, comerciais, divulgação de anúncios, etc.);
  • regime tributário (determine o regime para sua empresa – para tal, é necessário o auxílio de um contador);
  • origem do capital para monetização;
  • análises de concorrência (reúna informações sobre seus principais concorrentes e descubra a forma como cobram e qual é o identificador de mercado deles);
  • valor dos produtos (determine como ele será calculado tendo em conta a margem de lucro e custos operacionais);
  • número de funcionários necessários para cumprir as funções do processo operacional total.

Estes são apenas alguns pontos dos processos. O pilar é saber a disponibilidade financeira de sua organização e como fazer para alcançar o desejado empreendimento equilibrado e rentável.

3. Estudar o mercado

Na pesquisa de mercado, o contato é realizado com quem mais interessa para a empresa: o cliente. Essa característica de pesquisa engloba questões diretas sobre o padrão de serviço desejado, o mercado, suas possibilidades sobre o negócio etc. A pesquisa de mercado é a maneira mais eficiente de perceber os desejos e necessidades dos clientes, mantendo-se modernizado.

O consumidor é o elemento que produz receita para o seu negócio. Assim, é fundamental que a avaliação de mercado mostre quais são suas ambições para que sua empresa o satisfaça perante a concorrência.

4. Levantar o capital de giro

Conheça as principais maneiras de conseguir capital de giro. Veja alguns exemplos de como a sua empresa pode conseguir esse capital extra para abrir um negócio:

  • empréstimos bancários;
  • conta garantida;
  • sale and lease back;
  • ter bons clientes que honrem seus compromissos.

5. Abrir um negócio com a sua cara

Por exemplo, abrir um complexo de quadras de futebol society. Neste caso, o empreendedor com boa situação financeira e que tenha afinidade com esportes, inclusive o futebol, pode investir sem preocupação neste setor.

Nos dias atuais, as pessoas não buscam apenas uma simples diversão ou prática esportiva, pois estão acostumadas com os agregados que os estabelecimentos proporcionam. Então, incrementar o espaço da quadra society com lanchonete, sala de tv com canais de campeonatos de futebol e sistema de wi-fi atrairá mais adeptos.

Em resumo, ao pensar em como abrir um negócio, lembre-se de fazer uma autoavaliação e checar a viabilidade econômico-financeira do empreendimento. Além disso, trace seu plano de negócios para os primeiros doze meses de operação. Saiba quanto irá gastar na abertura e quais serão os custos fixos mensais. Ao determinar a dimensão do investimento inicial, calcule o capital de risco e as despesas pessoais.

Gostou do post? Aproveite para receber conteúdos atualizados seguindo a nossa página no Facebook!