Os dias estão cada vez mais corridos e, devido aos compromissos profissionais, as pessoas têm cada vez menos tempo para as práticas esportivas. Nesse contexto, muitos empresários viram uma oportunidade no setor futebolístico, investindo em ideias como montar uma quadra society para aluguel.

Isso facilita a vida dos adeptos do esporte, que podem usufruir dessas quadras localizadas em lugares próximos às suas residências. Grande parte delas tem as mesmas características dos campos convencionais de futebol, que podem ter gramas naturais ou sintéticas. Algumas vezes, o usuário se interessa e, inclusive, acaba construindo uma em seu próprio terreno.

Pensando nisso, reunimos no post de hoje algumas dicas para você que desejar ter uma quadra society. Quer saber como? Continue a leitura!

Trabalhar as condições do terreno

O primeiro passo é assegurar que o terreno onde a partida vai acontecer seja relativamente plano: tudo se inicia com um nivelamento adequado. Uma prensa move-se sobre a área para assentar as irregularidades e compactá-la, evitando que o terreno afunde mais tarde.

Portanto, o solo é a base para recebimento da grama: mesmo uma grama de qualidade altíssima não terá a mesma eficiência se o solo não for preparado devidamente.

Para preparar o solo, também é necessário o trabalho de compactação, feito com camadas de brita, uso de compactador vibratório, rolo de compactação, revestimento asfáltico, aplicação de nata de cimento e areia.

Fazer a pesquisa sociodemográfica da região

Os empreendedores buscam por regiões, nas cidades, que tenham condomínios, clubes e áreas com concentração de moradores com tendência às práticas esportivas. Assim, impulsionam seus negócios e ajudam os usuários a manterem em dia o vigor físico por meio da atividade futebolística.

Por outro lado, deve-se lembrar que órgãos públicos, igrejas e ONGs também tentam inserir os indivíduos no “mercado da bola”, introduzindo a população periférica ao esporte. Uma grande oportunidade é levar as quadras de society para esses bairros. Se, consequentemente, aparecer algum destaque, recomenda-se encaminhá-lo a uma equipe profissional.

Definir o tipo de grama

São muitos os tipos de gramas naturais e sintéticas existentes, sendo as seguintes as mais conhecidas para quadras de society:

  • grama esmeralda: possui uma cor verde forte, muito usada em condomínios, residências e praças. Não é sugerida para quadras fechadas;
  • grama batatais: essa grama é mais maciça e tem aspecto mais campestre. Ela é muito resistente e tem como característica essencial a extração, já que é retirada diretamente das áreas rurais;
  • grama sintética: é a mais indicada para futebol society, com boa qualidade e estrutura para aguentar os impactos de um volume intenso de partidas.

Os valores variam de acordo com as empresas especializadas na comercialização de gramas. Sabendo que a venda é por meio do metro quadrado, vale mencionar que a mais barata costuma ser a grama batatais, que tem o valor médio de R$ 1,00/m², e a mais cara é a sintética, tendo o valor aproximado de R$ 60,00/m².

Contar com uma boa estrutura

Além da quadra física, as quadras de futebol society devem conter um escritório para marcar os horários, receber os pagamentos das mensalidades e realizar os demais serviços administrativos.

É necessário, ainda, investir na contratação de pessoal, na divulgação, em despesas com impostos e legalizações, iluminação, limpeza, manutenção do gramado etc.

Em resumo, conhecendo as dicas de como montar uma quadra society, fica mais fácil empreender sem errar e levar saúde àqueles que desejam sair do sedentarismo ou para quem já se mantém firme nas atividades. Além disso, levando em consideração os passos mencionados, é possível ter um bom lucro com os aluguéis recebidos.

Agora que você já sabe como montar uma quadra society, aproveite e interaja conosco! Ficou com alguma dúvida? Tem alguma outra dica? Deixe um comentário!